Buraco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Posso enfiar o dedo aqui? Cquote2.png
Alguém sobre algum buraco.

Cquote1.png Você quis dizer: AAAAAAaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhh? Cquote2.png
Google sobre Buraco
Cquote1.png Você quis dizer: Ruas e Avenidas de Olinda? Cquote2.png
Google sobre Buraco

Buraco é um furo ou espaço dentro de um todo mas, pode ter coisas mais profundas envolvidas.

Fazendo[editar]

Buraco sendo invadido.

Ao fazer um buraco deve-se ter em mente que deve ser por um bom motivo, não se pode sair furando tudo por aí sem mais nem menos, até mesmo no Universo se sabe disso: onde há um buraco negro não pode-se ter outro muito próximo mas, um buraco no lugar certo faz bem e é necessário. Alguns buracos são usados para enfeite, tipo piercings e brincos, fora os buracões feitos por alguns grupos tribais.

Os buracos devem ser do tamanho certo sempre: Se a furadeira não estiver nas mãos certas, o buraco pode ser um problema e não uma solução. Todo buraco deve ter razão de ser. Seja dependurar coisas, seja apenas por ventilação mas, ele deve ter utilidade, do contrário deve ser tampado: e ninguém gosta de tapar buracos.

Quando o buraco está tampado e não era para estar, ele se diz entupido e deve se tornar um buraco livre novamente para que as coisas funcionem: Há buracos que dão muitos problemas mesmo se entupidos.

Alguns buracos têm fundo, outros não, isso depende de para que serve. Quando o buraco deve guardar coisas em seu interior ele deve ter fundo, tipo não se sabe mas, mochilas, bolsas, carteiras malas... são recipientes mas também são buracos móveis.

Mais buracos[editar]

Coisas estranhas podem sair de buracos inesperadamente.

Quando um buraco é usado como adjetivo ele significa um lugar não muito aprazível, tipo uma boca, um muquifo, ou até um lugarzinho da vila maloca. Porque disso ser chamado de buraco não se sabe, uma vez que a maioria dos buracos são úteis.

No hiperespaço já foram citados os buracos negros mas, há também os tais buracos de minhoca que, dizem são capazes de fazer você conhecer a sua avó no tempo em que ela era gostosa e, isso é um perigo se ela não for reconhecida. Isso mostra o quanto alguns buracos podem ser perigosos, esses buracos de minhoca são um deles.

Buracos en roupas ou quaisquer panos usados por macacos de poucos pelos, tipo cortinas, calcinhas e tal, devem ser trocados por novos ao menor buraquinho, isso por uma certa frescura e, quem apresenta algum buraquinho na roupa é acusado de usar trapos e não é bem visto, nem que for olhado através de um buraquinho estratégico.

Falando em buraquinhos estratégicos, em um tempo em que se não tinha tanta liberdade com a putaria nudez, e não se via bundas e peitões em qualquer programa familiar, alguns desesperados faziam buraquinhos em banheiros a tal mas, nos dias de hoje não se faz mais isso.


Quem mais faz[editar]

Os bichos que mais fazem buracos são humanos: metrô que é aquele buracão, garimpo, fora os buracos menores para moradia e tal. Formigas moram em muitos buracos organizados na terra, abelhinhas simpáticas constroem buracos com cera e eles são hexáedros perfeitinhos que dão banho em qualquer buraco feito por qualquer bicho, por sinal os chuveiros são vários buraquinhos por onde sai a água: um dos usos práticos de buraquinhos minúsculos.

Castores gostam assim como as toupeiras de fazer buracos na terra para morar tipo formigas mas, claro daí tem que ser buracões. Eles o fezem apenas cavando por que são grandes especialistas nisso e suas unhas são meio compridas e sujas, assim com as unhas dos tatus que também fazem os tais buracos mas, os próprios tatus são bolas mas, também seu casco não deixa de ser um buraco móvel pra ele se proteger no buraco caso o bicho pegue.

No Rio Grande do Sul, a cidade de Passo Fundo, tem 2 títulos Capital Nacional da Literatura e o mais recente Capital dos Buracos, como pode ver o poder público aprova o titulo. http://www.youtube.com/watch?v=EUDXAAxnXdg

Ver também[editar]