Borduguês:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindo(a) à Desziglobédia

A enziglobédia livre de gondeúdo e gue qualguer um bode edidar.

56 408 ardigos · 197 296 imagens

Ajuda

Embaijada

Bergundas

Bolítigas

Mídia

Gondribuir

Ardigo em destague
Algo demasiadamente comum nessas aulas.

Bem pessoal... neste exato momento é hora de mais uma aula chata...

Tudo começou lá no começo (jura?), quando Platão e Aristóteles, na Grécia antiga, criaram seus colégios rivais, a Academia e o Liceu. Neles, começaram a ensinar suas teorias de filosofia extremamente legais (só que não). Provando que as aulas sobre maiêutica ou sobre a lógica aristotélica eram mó pé no saco, o primeiro aluno da turma do fundão da história, Diógenes de Apolônia, mandou ambos os professores pra puta que o pariu e começou a dar aulas pras alunas de medicina, sempre pelado, o que nos deixa suspeitas sobre os procedimentos das aulas. Foi expulso de ambos os colégios e virou filósofo de boteco, rumo comum de muitos que se queixavam das aulas chatas.

Passando-se os anos, a partir da Idade Média, os professores da Europa, diferente dos de outros continentes, como os da Ásia, que ensinavam a ganhar grana, medicina e outras coisas úteis e os da África, que ensinavam a fazer menino, os mestres europeus, todos padres chatos pra caralho, passaram a tão-somentemente ensinar religião e pras meninas, ensinavam Puericultura (pra quem não sabe que porra é essa, é "a arte de ser mamãe e dona-de-casa"). Durante quase mil anos, essa foi a "cultura" que passaram pros pirralhos: como dar o trízimo dízimo, a corveia e todos os outros impostos direitinho pros suseranos, pros padres e pra quem mais interessar possa...

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+



Evendos rezendes


Nezde dia...


Valando nizo, vozê zabia...


Imagem da vez
 
Abresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desziglobédia, uma (dez)enziglobédia esgrida com a golaboração de zeus leidores. A Desziglobédia é um zite de humor debochado e seu gondeúdo não debe zer levado a zério. Dodas as nozas regras e bolídicas gonvergem para um só bringípio: zer engrazado e não abenas idioda. É um bringíbio amoral, mas que imblica numa édica subjagente. Significa que, no âmbito da Desziglobédia, só bodem ter brogedênzia as grítigas que se refiram à qualidade diverdida de um ardigo. Não tem, bordando, nenhum sendido dendar defender os méridos morais ou ardízdicos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, brograma, gâme, etc.) e que tenha zido zaganeado num ardigo da Desziglobédia. Ezas coizas não inderezam nem um honorável bouquinho aqui.


Bardizibação
Dodos bodem bublicar gondeúdo onrine desde que não sejam vândalos ou desresbeidem as regras. Dendre as diverzas báginas de ajuda à zua disbozizão, estão as que esbligam como griar um ardigo, edidar um ardigo ou inserir uma imagem. Em cazo de dúvidas, não hesite em bergundar e dar sua abnião.


Gomunidade
A gomunidade bem crezendo dia bós dia. Borém brezisamos de mais golaboradores para bodermos ambliar o número de ardigos em língua borduguesa e expandir, melhorar e gonzolidar os que já exisdem.


Brojetos irmãos
A Desziglobédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundazam Desziglomidia. A Desziglomidia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com gondeúdo livre:


Lista completaComeçar uma nova edição