Bomba peniana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Ciro-bottini.jpg Bomba peniana possui o Certificado Dedão Bottini de Qualidade!
Na compra de Bomba peniana, você recebe o Certificado Dedão Bottini de Qualidade,
o que garante a qualidade e a durabilidade do produto. Então, compre, compre, compre!
Dica: Não se esqueça de comprar também a Garantia Plus Shoptime!
Bomba peniana específica para micropênis, o processo de uso é fácil, é como encher pneu de bicicleta.

Bomba peniana é um aparelho criado para tapear a população masculina insatisfeita com o tamanho de sua birola (ou seja, 100% dos homens). A bomba peniana, basicamente, promete fazer a piroca crescer, acrescendo aqueles tão almejados cinco centímetros. Em outras palavras, a bomba peniana é um aparato que promete transformar a pequena minhoca caolha dos soy boys na Anaconda do negão da piroca, e isso em apenas três meses de uso contínuo.

História[editar]

Todo homem está insatisfeito com o tamanho de seu pau, até mesmo aqueles pés de mesa cuja piroca pode ser considerada uma terceira perna manca. Nem as travestis estão contentes com o tamanho natural de sua birola, se pudessem, elas aumentariam a própria rola para conseguir realizar a autofelação. Alguns centímetros a mais sempre são bem vindos, e alguns venderiam até a alma para fazer o boneco crescer ao menos um pouco. Aproveitando-se da alta demanda, as empresas especializadas em sexo e trambiques criaram a bomba peniana, que consiste em um recipiente cilíndrico para se colocar o pênis, e com isso possibilitar o bombeamento da rola, o que teoricamente faria o cacete crescer e aparecer, virando uma pica gostosa, grande e gostosa.

As primeiras bombas penianas lançadas venderam como água, pois além de prometerem aumentar o tamanho da birola, elas prometiam também curar disfunção erétil, ejaculação precoce e câncer no cu. Para anunciar esta novidade, as empresas contrataram Já Gozou para ser o garoto-propaganda, pra ele dizer que após fazer uso da bomba peniana, ele finalmente conseguiu comer a Anny Lee, e ainda aguentou o tranco por mais de cinco minutos, seu recorde pessoal. Muitos homens estavam esperançosos com esta maravilha tecnológica, porém logo a expectativa virou decepção, pois mesmo após meses de uso diário da bomba peniana, o máximo que os usuários conseguiram foi um pau roxo e inchado, parecendo cancerígeno e com DST. Os depoimentos, que claro foram anônimos, fizeram as vendas das bombas penianas diminuírem, mas elas continuam sendo vendidas em grande quantidade até os dias de hoje. Sabe cumé, enquanto houver uma esperança, vale a pena testar, vai que funciona.

Atualmente, a bomba peniana enfrenta a forte concorrência do gel para aumento peniano, do anel peniano e do jelqing, outros produtos e práticas que também prometem auxiliar no processo do esticamento da piroca. Mesmo não funcionando e não possuindo mais o mesmo destaque no mercado, a bomba peniana se mantém viva, talvez porque aqueles anúncios em sites pornográficos que mostram o pau de um cara crescendo vinte centímetros instantaneamante chame a atenção.

Características[editar]

O antes e depois de um usuário de bomba peniana.

O corpo da bomba peniana é um cilindro feito de plástico chinês, que serve para enfiar o pênis e o preparar para a sessão de bombeamento. Como a entrada é apertada, alguns homens gozam só de colocar a piroca no aparelho. Os fabricantes recomendam que isso seja evitado, pois como a bomba peniana é inviolável, a gozada vai ficar ali dentro pra sempre. No interior do cilindro, a piroca fica parecendo um salame, embalada a vácuo e impedida de se movimentar.

Na ponta do cilindro, existe um pequeno aparato para o usuário ficar bombeando a piroca, como se estivesse medindo a pressão. Enquanto isso, o cacete vai ficando duro e roxo dentro do cilindro, quase sufocando. A sensação é de que a birola vai explodir ali dentro, isso é claro de acordo com o relato do amigo do meu primo, eu não faço uso disso. Após o início do bombeamento, não é recomendado retirar a piroca até ela amolecer por completo, ou as consequências (para a piroca em questão) serão terríveis.

Ver também[editar]