Boeing B-29 Superfortress

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Forca aerea.jpg Este artigo é da Aeronáutica!

Cuidado: Boeing B-29 Superfortress pode bombardear sua casa se você vandalizar!

Clique aqui pra ver quem mais pode cagar na sua cabeça do alto!

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Boeing B-29 Superfortress.

O B-29, ou Boeing B-29 "Superfortress (para os chatos) Foi um avião construído em 1900 e guaraná com rolha, com a finalidade de jogar Bombas Normais e Supositórios, bem, como a morte de 200 Mil Otakus num período de 3 dias, além disso, alguns Wikipedistas afirmam que o B-29 também foi usado em missões de Bombardeamento Não-Supositório, mas como sabemos, a A Wikipédia não é confiavél.

Nu Frontal de um B-29 quando mesmo posou para a Playboy

História[editar]

Durante o ano de 1942, A Força Aérea Estadunidense, vendo que seus aviões mais poderosos não estavam conseguindo aguentar o peso de seus pilotos (o que você esperava, são estadunidenses), pediram ao famoso engenheiro Michel Temer (Que na época tinha acabado de sair da faculdade) para que fizesse o projeto, mas como Temer era Brasileiro, e seu Ajudante, Jaílson Mendes só estava querendo saber de Relaxar, o projeto (superfaturado) levou 2 anos para ser terminado, resultando em uma perda de 40028922 Dólares da Época (Equivalente à 900 Barras de ouro que valem mais do que dinheiro), e com isso, veio a idéia de Temer virar político.

Específicações[editar]

Fama[editar]

Como já dito na Apresentação, o B-29 é responsável pela morte de 200 mil otakus, em 1945 isso era 99% da população otaka mundial, ao soltar dois supositórios, o Little Boy (Garoto Pequeno Referência aos Pênis das víimas) e o Fa Man (Homem Gordo Referência à todos os Estadunidenses)

Pós Guerra[editar]

Após a Guerra, começaram a surgir diversos outros aviões, que desbancaram o B-29, mas o lança-supositórios era tão popular, que, ele foi utilizado Pela USAAF (Força Aérea Estadunidense) até 2001, quando eles viram que aviões da Boeing não eram mas seguros

Ver Também[editar]