Belford Roxo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Belford Roxo
"A cidade do rally"
Bandeira de Belford Roxo.png Brasão de Belford Roxo.png
Bandeira Brasão
Aniversário 3 de Abril
Fundação 3 de Abril de 1990
Gentílico 'belfordirroxano'
Lema Paz e Progresso (Isso não te lembra alguma coisa?)
Apelidos Cidade do Amor, Formigueiro Humano
Prefeito(a) Marcelinho Carioca
Localização
Localização de Belford Roxo
Estado Green Hill de Janeiro
Mesorregião Favela
Microrregião Ali na esquina
Região metropolitana quase
Municípios limítrofes Catedral, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, São João de Meriti
Distância até a capital 28 km
Características geográficas
Área 20 km²
População 3 traficantes, 42 prostitutas e 497.000 pilotos de motocross hab. IBGE/2018
Idioma Não disponível
Densidade 1 pobre alma a cada 3 km hab./km²
Altitude 38 metros
Clima romântico <3
Fuso horário UTC -3
Indicadores
IDH 0,684 PNUD/2010
PIB R$ mais de oito milhões IBGE/2016
PIB per capita R$ 17 centavos por cabeça de gado IBGE/2016

Cquote1.png Você quis dizer: Vitor Belfort tomando porrada até ficar roxo Cquote2.png
Google sobre Belford Roxo
Cquote1.png Que lugar é esse?? Cquote2.png
Deus sobre Belford Roxo
Cquote1.png Acho que é perto do Acre! Cquote2.png
Diabo sobre citação acima
Cquote1.png Se eu morasse aqui eu vendia e ia morar no inferno! Cquote2.png
Diabo sobre não saber onde fica Belford Roxo
Cquote1.png Minha maior inspiração!! Cquote2.png
O cara que escreveu Caverna do dragão sobre Belford Roxo
Cquote1.png Num vô!!!! Cquote2.png
Mano Quietinho e Mendingo sobre Belford Roxo
Cquote1.png Penso, logo, não moro em Belford Roxo Cquote2.png
René Descartes sobre porque não mora em Belford Roxo
Cquote1.png Quer pagar quanto? Cquote2.png
Cara das Casas Bahia sobre livrar-se de sua casa em Belford Roxo
Cquote1.png Quero me encontrar mas não sei onde estou Cquote2.png
Renato Russo sobre o que disse quando esteve em Belford Roxo
Cquote1.png Que milagre o senhor por aqui Cquote2.png
Dona Florinda sobre a visita do prefeito à cidade
Cquote1.png Por onde andei quando você me procurava? Cquote2.png
Nando Reis sobre se perder em Belford Roxo
Cquote1.png É pau, é pedra, é o fim do caminho Cquote2.png
Tom Jobim sobre a localização de Belford Roxo
Cquote1.png A plateia pega fogo, Quando rolam os festivais... Cquote2.png
Zeca Baleiro sobre show em Belford Roxo

À minha direita, o lixo infernal, a favela miserável da cidade de Hell de Janeiro, onde as drogas, as AK-47 e as putas que nem não putas assim dominam! À minha esquerda, a terra dos guerreiros, reduto de lutadores e ótima pista de rally, a melhor cidade do Brasil, Belford Roxo! IIIIIIIIIIIIT´S... TIME!!

A população, constituída majoritariamente de traficantes, ficou um tanto insatisfeita com a fama da cidade por motivos ignorados, e tentou mudar tal reputação inventando que Belford Roxo é a cidade do amor. Bom, como se não bastasse os cariocas chamarem aquele Tártaro de Cidade Maravilhosa, os belfordrroxenses ainda têm que aguentar a zoação do resto dos brasileiros devido a um apelido tão piegas. Há quem diga que se não existisse Belford Roxo, a sarna, as DSTs e a lepra já teriam sido erradicadas no Brasil, devido ás miríades de vagabundas obesas que circulam pelas pistas de rally da cidade e constante zoofilia. É raro encontrar uma mulher do sexo feminino com menos de 70 kg, a menos que tenha uma das doenças citadas acima.

História[editar]

Quando você passar por um lugar como esse você está quase chegando em Belford Roxo.
Fatos.png
Conheça os fatos sobre Belford Roxo


Em meados de 1800-e-sua-vó-não-era-mais-virgem, imigrantes perseguidos por zoofilia na Europa chegaram ao Rio de Janeiro, mais precisamente em Nova Iguaçu. Por volta do ano de 1899, um tal de Vagner Love, insatisfeito com o governo de Rodrigues Bolsonaro Alves, resolveu se rebelar e junto com Macunaíma e os zumbis criou o melhor lugar do mundo: a cidade do amor. Amor esse que vemos na falta de mulheres (64% das "mulheres" na verdade jogam no outro time), ruas "asfaltadas" e creme de pentear feminino, é claro.

Resumindo, é um lugarzinho de merda, tem umas duas favelinhas lá que se chamam Castelar e Palmera que ficam brigando entre si com guerra de estilingue; existe também o consagrado morro Rola-Bosta, famoso pelo fato de que quando se sobe lá para cheirar , sente o cheiro da merda boiando no valão à sua esquerda e não há diferença de efeito.

Clima[editar]

É fato conhecido entre os moradores que, ao dia, as "ruas" da cidade tornam-se viveiros de calangos, o que coloca o número de atropelamentos nas alturas. A explicação mais plausível é que, como o calor de Belford Roxo assemelha-se a um caldeirão do inferno, os pequenos répteis aproveitam o calor para pegar banho de sol, já que as árvores incendeiam-se todos os dias às nove da manhã. À noite, os ratos fazem a festa (literalmente, eles colocam neon nos bueiros), o que faz a vida noturna da cidade ser bastante agitada.

Economia[editar]

Em Belford Roxo predomina o sistema feudal. Há séculos, a suserania da cidade é exercida pela Bayer em conjunto com a Carrefour e Vagner Love, enquanto que os vassalos são representados pelo restante da população e os cachorros. Cerca de 90% dos habitantes vivem sustentados pelo Bolsa Família, enquanto que o restante não estuda nem para terminar o Ensino Médio e irem trabalhar em algum canavial por perto.

Outra grande fonte de renda pro PIB municipal é o transporte irregular de passageiros, a agricultura e principalmente o escambo realizado aos domingos e quartas-feiras na feira de Areia Branca (próximo ao Centro), além de muito mais lucrativo que vender açaí, afinal, as trocas envolvem quase sempre produtos roubados em outros municípios. Outra atividade rentável da cidade são as funerárias, um mercado sempre lucrativo devido à atuação dos policiais do 39º BPM, e a venda de pombo assado nas esquinas que o pessoal re-aproveita quando atinge ao meio dia e o calor aumenta.

Bairros[editar]

  • Centro - Deveria possuir as coisas, mas não possui NADA, somente umas três pastelarias chinesas, alguns bancos, a estação ferroviária e a nossa prefeitura, MAIS NADA...
  • Areia Branca - Possui a famosa feira, onde os feirantes possuem o principal slogan "CAMINHÃO TOMBOU VOCÊ COMPROU!"; possui também uma pseudo-academia popular, e um hospital infantil que vive com mais de 8000 crianças enjauladas esperando tratamento para esquistossomose.
  • Lote XV - Terreno baldio de divisão com Duque de Caxias, onde a coisa mais notável é o parque de diversões carinhosamente apelidado de Maquina Mortífera, possui uma montanha russa que dá mais medo da conservação dela do que andar nela.
  • Heliópolis - Possui sua querida praça, que às sextas, sábados e domingos, acumulam-se vários carros-som malconservados que ficam tocando vários funks para bandos de quengas cheirando a ratas velhas, dançando e se achando as gostosas usando um kg de creme de cabelo na cabeça segurando uma latinha de Crystal e rebolando até o chão.
  • São Vicente - Possui também uma praça, mas já é meio diferente, é mais para um Point frequentado por gentinha I wanna Be, Góticos, Punks, Otakus, Emos, Crackudos que ficam lá bebendo e fingindo ser a outra parte da sociedade.
  • Piam - Hospeda o nosso querido matadouro Hospital conhecido popularmente como JOCA; o legal são as situações que acontecem nesse hospital, tipo coisas básicas como entrar com dor de dente, sair amputado de uma perna... Coisas que a galera da Baixada Fluminense já conhece.
  • Xavante - Famosa terra da poeira e do povo ignorante, recheados dos famosos "muleques 100% bolados de bel", o ar é rarefeito por estar infestado de poeira, pó de serragem e doenças contagiosas.
  • Castelar - I bairro mais civilizado, repleto de pessoas da alta sociedade. Faz sentido?
  • Babi - Rebimboca onde se localiza um grande lixão, considerado muito importante para a arqueologia brasileira.
  • Solidão - Tem um cemitério gigante, onde os mortos voltam à vida todo dia de madrugada.

Transportes[editar]

Quanto maior a distância do Rio de Janeiro, Belford Roxo reserva as melhores emoções para os amantes do automobilismo do que Duque de Caxias.

Belford Roxo é um pequeno município do estado carioca, conhecido no Brasil inteiro por suas famosas pistas de rally e motocross, perfeitas para qualquer maluco jovem metido a rebeldezinho ao estilo radicau, meu! praticar suas manobras posers. Estas atrações no início eram uma iniciativa da Prefeitura, usando um material inovador na época chamado "asfalto", e implantaram essa novidade tecnológica na cidade toda. Conforme o tempo passou as ruas de Belford Roxo foram envelhecendo e começaram a surgir uns buracos no asfalto (ô, novidade). Esses buracos foram crescendo, crescendo, e se tornaram putas depressões que iam até no inferno, atraindo os amadores de esportes radicais, tornando a cidade conhecida pelo que é hoje.

Saúde[editar]

Se você está dirigindo na Via Dutra, a noite, percebeu que esqueceu de comprar seu remédio e decide entrar na cidade (pois aquela entrada maravilhosa está escrita "Seja bem-vindo à Belford Roxo" está bem à sua frente e você lembrou que tem uma Bayer ali) para ir a uma farmácia: DESISTA! Eu já fiz isso e dei de cara com fenos rolando pela cidade, e um vento que vêm do sudoeste à lá Cidade do Faroeste Fantasmagórica. APENAS NÃO VÁ!

Turismo[editar]

Em Belford Roxo existe um famosíssimo ponto turístico que é o supermercado Carrefour (que as pessoas cismam em chamar de shopping) da entrada principal onde também há uma estatueta com os dizeres: Belford Roxo - a cidade do amor. Há também o Habibb's, onde os moradores das regiões próximas juntam dinheiro todo o mês para levarem seus moleques para comerem uma ou duas esfihas, e o Shopping Vida, um gigantesco centro atacadista que vende de tudo, exceto aquilo que você foi procurar lá.