BattleBlock Theater

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg BattleBlock Theater é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, o Megaman copia a arma de mais um chefe.


SofiaPitPeople.jpg Atenção! Esse artigo pertence a The Behemoth! Provavelmente a Sofia tomou conta dele. Se você vandalizar, Predefinição:The behemoth/frases.

Para mais artigos sem sentido, clique aqui.

Batalha de Blocos Teatrais
BattleBlock Theater.png

Hatty Hattington, mais torturador que Bolsonaro.

Informações
Desenvolvedor Galinha Gorda
Publicador Father Crickets Chicken
Ano 2013
Gênero Jogo de gráficos feitos
Plataformas PC, Steam, Xbox 360
Avaliação 7/10
Idade para jogar 14


Cquote1.png Ãnh? Ruiá, Rá! Haha! Cquote2.png
Personagem de Pit People sobre BattleBlock Theater.
Cquote1.png Espere aí. Eu ensinei os gatos a serem assim? Cquote2.png
Purrham Furbottom sobre os gatos do BattleBlock Theater.
Cquote1.png Na União Soviética, os gatos fazem teatros pra VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre BattleBlock Theater.
Cquote1.png VOCÊ faz teatros nos gatos pra União Soviética!!! Cquote2.png
A Incrível Inversão Russa Reversa sobre BattleBlock Theater.
Cquote1.png Seu desgraçado! Eu irei vingar meus primos! Cquote2.png
Tigre sobre você, que matou os gatos de BattleBlock Theater.
Cquote1.png Como eles conseguem,? Cquote2.png
Noob sobre não saber os truques do Ball Game online.

BattleBlock Theater, conhecido mundialmente por BattleBlock Theatre, pronunciado como BetoBloco Teta e melhor escrito como BBT, ou Mario com gráfico tosco, é um jogo desenvolvido pela Exu Caveira Software em 2013 (com sua versão final no mesmo dia), com a intenção de fazer um jogo de plataforma que junta Castelo Creche com Super Mario e um tiquinho de The Binding of Isaac, pois como a empresa só faz jogo pra criança, ficou uma merda por não ter excesso de pornografia animada.

Jogabilidade[editar]

O jogo tem uma jogabilidade extremamente calculista, ou seja, para morrer em uma serra, você precisa ter o personagem realmente encostando no meu pauzão na serra para conseguir se mutilar ali e gerar a carne Friboi de boa procedência, ao menos se você estiver jogando online.

A campanha consiste em fases típica de joguinho de plataforma, controlando um boneco feioso, seja sozinho caso você seja uma pessoa sem amigos, sozinho caso seja uma pessoa com amigos pobre que não tem Steam/Xbox, ou com amigos em multiplayer cooperativo. É aquela mesma coisa de sempre, ficar pulando em blocos e passando de fases enquanto coleta pedaços radioativos de urânio.

As cutscenes mesclam humor negro com piadinhas que só jovens entendem, e podem todas ser revistas no menu do jogo ou completando os capítulos do jogo.

O Gift Shop é a lojinha capitalista imunda do jogo, é onde você encontra Minecraft pirateado com cabeças, armas, Hatty e BattleBlock Theater pra CD em Xbox 360. Nos jogos online os battleblockistas costumam ficar matando um ao outro, mas acaba a graça quando entra o Madtasttic ou um de seus 200 mil perfis.

Outro modo disponível são os minigames, feitos pelo Click Jogos, que consistem em joguinhos para uma "suposta diversão" de quem está sem amigos, e quem também têm amigos, no jogo multiplayer, claro. Pena PenadeAve.png que lá não têm como brincar de Barbie. Os minigames disponíveis são:

Cquote1.png Ah, filha da pu..! Cquote2.png
Olho do cu da mão.
  • Valentão - Um jogo feito para o Léo Stronda. O seu objetivo é bater punheta nos seus aniversários adversários até ele virar um esqueleto por inteiro.
  • Baleia de Ouro - Você têm que pegar o ouro de uma baleia (não confundir com a tua mãe) dourada que faz o som de um avião e colocar num saco até que deposite espermatozoides (pois é um saco, duuh).
  • Jogo de Bola - Um Ball Game, minigame que só os gatos, tiny monkeys, lava lamps e o Madtasttic com troféu de prata ou ouro conseguem ganhar esse jogo em qualquer partida.
  • Captura espiritual - Capture a alma do adversário e vença.
  • Corrida por tempo - Um speedrun, coisa de nerd tetudo fazer.
  • Reizinho - Capture Dom Pedro II e leve-o para Dan Paladin.
  • Esterco Cavalinho - Viaje com seu cavalo até florestas, descubra castelos, montanhas, lagos e fadas até chegar na porra da cerca "adversariana".
  • Pintura - É um jogo de pintar os bloquinhos, mas isso não significa que você não poderá reprovar na aula de Artes.

Mapas editados[editar]

A comunidade battleblockiana (sim, isso existe ecziste) pode criar seus próprios mapas no Modo Editor, mas devido a Wikipédia ter comprado o jogo em 2013, os administradores do jogo proibiram criações de mapas em formato de dildos, bucetas, xebas, xanas, xerecas, cus, vaginas, pênis, paus, pintos, toras, rabos, máquinas de esperma e a qualquer construção que se pareça com você, e por causa disso a utilidade dessa porra decaiu a 0.

"Trolls" é como são chamados os mapas editados e criados por tiny monkeys, com troféu de prata para "trollar" os profissionais no jogo. Normalmente são feitos no Xbox.

Enredo[editar]

Hatty Hattington, após tentar fazer Cosplay de Slenderman.

BattleBlock Theater se passa na Idade Contemporânea e Média ao mesmo tempo, sabendo que é normal usarem cabeças do Castle Crashers aqui. Mas o fato é que, se passa no Século XIX. Um senhor gentil chamado Horatio Hatty Hattington de Jour junto com seus diversos amigos, entre eles está Reginald e o chorão do The Binding of Isaac; eles estão navegando em um navio em tentativa de chegar ao Acre, coisa que o Horatio não fez.

Durante a viadagem, uma horrível tempestade impede Hatty e seus amigos de passarem pelo Trópico de Capricórnio, mas como eles são sortudos, conseguem sair sãos e salvos de lá. E como Zeus tava batendo muita punheta e gozando muito raio, acabou que deu uma tempestade denovo e vários cornos tripulantes morreram, outros bateram e caíram náufragos na ilha de São Luís no Maranhão.

Um (ou dois) tripulante acaba FIM caindo lá na ilha e entra no tão majestoso Teatro do Batalha de Blocos Teatrais. Dois gatos (um deles é o meu pai, com certeza) sequestram Hatty e colocam o chapéu da máfia italiana nele, também capturam o enxerido. Lá você é obrigado à sofrer as terríveis torturas do governo Bolsonaro, e é trancado numa cela onde você vê todas as suas cabeças: a cerebral e a do pau.

O jogo começa neste teatro, com o total de 8 capítulos. Basicamente te ensina a bater punheta pra mim de tanto repetir os movimentos, como qualquer outro jogo de plataforma. Existe ainda um nível secreto dentro de cada capítulo, eles são pegos em áreas específicas do mapa.

Personagens[editar]

Hatty pensando porque as pessoas gostam de gráficos mal feitos e quadrados em pleno 2013.
  • Purrham Furbottom - Foi o principal fundador do teatro e também o presidente do Teatro da Ilha da Caveira do Mel dos Gatos, ele adorava tanto os gatos, que já afirmou ter cometido zoofilia (é sério). Dizem que ele está morto por aí, mas Horatio afirma o contrário, embora não tenha certeza se ele realmente morreu ou não, Horatio relata que ele disse que realmente cagou um "troço" do tamanho do "crídio".