Banpresto

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Um macabro e obscuro jogo da Banpresto.

Banpresto Co., Ltd., ou como é originalmente chamada no Japão, Kabushiki-gaisha Banpuresuto, é uma subdivisão caça-níqueis da Namco, assim como a Bandai. Já foi uma marca própria, mas como não souberam administrar a empresa de maneira decente, ela ficou à beira da falência. Então, antes que o negócio quebrasse de vez e deixasse todo mundo que trabalhava lá completamente pobre, venderam tudo para os criadores do Pac-Man.

História[editar]

Atualmente, esta é a principal fonte de renda da empresa.

Batizada provisoriamente de Hoei Sangyo, Co. Ltd., sua fundação ocorreu em 1977, idealizada por um empresário japonês de nome completamente irrelevante que nem vale a pena escrever aqui.

Inicialmente, a Banpresto surgiu como uma softhouse, e chegou inclusive a fazer diversas parcerias com a Sega durante os anos 80 lançando jogos de Arcade. Claro que essas parcerias só ocorriam nos jogos ruins que nunca chegaram a fazer sucesso, pois os realmente bons e rentáveis sempre ficaram a cargo só da Sega mesmo.

Em 1982, quando ainda se chamava Hoei Sangyo, teve seu nome alterado. Mas não para Banpresto, e sim para Coreland. Como esqueceram de avisar a Sega sobre a renomeação, acabaram perdendo sua parceira de criações e ficaram sem ter onde se escorar para ganhar dinheiro.

Alguns anos mais tarde, a Bandai tomou conhecimento da empresa e ficou com pena daquele bando de mendigos sem talento, então resolveu adotá-los, mas com a única condição de que mudassem novamente o nome da companhia. Aí sim, ela passou a se chamar Banpresto.

A Banpresto e a Bandai trabalharam juntas durante anos, sempre criando produtos relacionados a animes. Enquanto a Bandai fazia brinquedos, a Banpresto ficava encarregada dos videogames.

Problemas financeiros[editar]

Se gerenciar uma só empresa já é difícil, quem dirá então duas. Chegou uma hora em que a Bandai já não conseguia mais sustentar a fusão realizada em 1989 com a Banpresto. A única saída para evitar que ambas falissem de vez foi colocar tudo à venda, e quem comprou foi a Namco.

Assim, desde 2006 a Bandai pertence à Namco, e por consequência, a Banpresto foi de brinde. Desde então, ela não produz mais games, somente bonecos e outras quinquilharias de franquias que nem lhe pertencem.

Videogames[editar]