Bane (Dota 2)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Night creature.JPG Bane (Dota 2) surgiu das trevas!!

E à meia-noite vai levar a tua alma!

Puro osso.gif
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

Atropos
Bane full.png
Nascimento 666 A.C
Planos celestiais
Idade 6666 anos.
Altura 1,89
Peso 78 quilos
Estilo de luta Pesadelos e alucinações
Arma preferida Bolas pretas de pesadelo
Técnica Máxima Secreta Sugar a vitalidade de alguém trazendo todos seus pesadelos á vida
Religião Católico (Ei que foi? Uma abominação de outro mundo pode ser o que quiser!)
Profissão Deus dos pesadelos
Característica marcante É feio de dar ataque cardíaco
Comida favorita Medo alheio
Frase favorita "Eu sonhei com um conflito... e acordei-me para me encontrar em um."
Esporte Sugar pavor

Cquote1.png QUASE... ALIAS, MAIS FORTE DO QUE EU! Cquote2.png
Axe sobre Bane
Cquote1.png EU não tenho medo de nada... mas essa coisa... ela me põe medo. Cquote2.png
Heavy (Team Fortress 2) sobre Bane
Cquote1.png Eu tenho... ARGHHHHHHHHH! Cquote2.png
Regina Duarte tendo um ataque cardíaco ao ver Bane
Cquote1.png E quando seu ancestral estiver em chamas... você tem minha permissão de morrer! Cquote2.png
Aquele OUTRO Bane da DC sobre esse Bane
Cquote1.png Eu não tenho medo de nenhum fantasma! Perai, que porra é você? Cquote2.png
Ghostbusters sobre Bane
Cquote1.png Sai capeta... saí Satanás... cruz credo! Cquote2.png
Padre sobre Bane

Bane, Atropos, Banezão, o outro Bane que não é da DC, BN, Banezito das Couves Paulo Freire Silva Atropiano, é um intelectual, guerreiro, artista, professor, filósofo e psicopata que por pura coincidência também é um herói do Dota 2. Bane é conhecido e temido por ter mais de 8000 habilidades de atordoamento, que apesar de só usar 2 em combate, essas 2 aí tem a duração respectivamente de 7 segundos CADA UMA. Se não bastasse isso, o filha da mãe possuí também uma magia de dano que causa 300 de dano puro num recarregamento ridiculamente baixo, que se não bastasse isso também suga o cérebro do inimigo como se fosse Milk Shake, recuperando a vida do capeta roxo. Bane pode servir qualquer posição que não seja hc, já que seus ataques de jogar bolas pretas que nem o Kofing são muito fracos, indo desde o suporte posição 5 pelado que só presta pra comprar wards, até o mid posição 2 que ganka e vai fazendo uma bola de neve com os assassinatos graças ao seu ultimate apelão. Seja a posição que ele for, o Bane irá ser o PIOR PESADELO dos seus inimigos! (Me mata)

Nascimento e Infância[editar]

Quando os deuses tem pesadelos, é Bane que os trás. Ele já trouxe pesadelos desde deuses que são o DEUS mesmo, como Morgan Freeman, até deuses da música como Elvis. Mas até seres poderosos como ele tem uma origem. Bane teve um começo bizarro: Ele era um fragmento de medo que nasceu da deusa Nyctasha. Atormentada pela imagem de Bane, um dia o medo dela foi tão grande que o temor não conseguiu ser contido dentro de sua mente: A imagem perturbada de Bane fugiu de seus pesadelos e ao ver a deusa indefesa, decidiu dar uma de Kid Bengala e comer o cu dela pegou e roubou todos os poderes dela, os sugando e estourado o coração dela, enquanto também retirou a forma vaporosa dela e a usou para assumir uma forma física no nosso mundo. Satisfeito, Bane saiu do quarto de Nyctasha e foi procurar um pouco de leite, porque por mais que ele fosse uma abominação que nem o HP Lovecraft conseguiria criar, ele ainda era um bebezinho que estava com uma puta sede e queria beber algo, nem que fosse o sangue ou a essência da alma de alguém.

Andando pela casa de Nyctasha, Bane achou uma garrafa de Wisky, e não vendo nada melhor na frente dele, ele encheu a cara mesmo. É claro, o corpinho dele não estava preparado para a bebida, e dois segundos depois de ingerir o líquido ele capotou que nem um pedaço de merda no chão. Quando acordou, estava jogado dentro de um caminhão de lixo, prestes a virar um cubinho de lixo compactado. Bane ficou tão puto com o motorista ter jogado ele no meio do lixo sem antes mesmo de verificar se estava vivo, que Bane sugou toda a essência do homem, torturou ele com os piores pesadelos possíveis e coletou todo o sofrimento possível de sua mente para poder aumentar seu poder. AÍ ele matou ele com um tapa na cara. Feliz com o resultado, Bane andou á procurou algo pra fazer. Após se mexer um pouco, ele achou uma taverna chamada a "Lua quebrada". Aparentemente, ela foi criada após a lua do mundo do Dota quebrar e libertar uns caras chamados ancestrais, mas Bane não ligou pra isso. Ele entrou lá dentro, e ameaçou de matar o Barman se ele não desse um emprego pra Bane, e assim foi feito.

Nas épocas de desespero, Bane catou as roupas (E os olhos) de um mendigo pra vestir no frio.

Adolescência e domínio[editar]

Quando Bane pediu um emprego, ele não esperava receber o trabalho de entregar panfletinhos na rua. Mas fazer o que, ele recebia cachaça grátis pra beber no bar e todo o respeito do dono do local (Parcialmente porque ele se cagava de medo do Bane algum dia ficar de saco cheio com ele e mata-lo por pura zueira), além de saber todas as fofocas da cidade graças a seu conhecimento e de falar com quase todo mundo no seu emprego. Um dia, porém, enquanto ele se preparava para dormir, ouviu um grito do quarto do dono do bar. Apesar de achar que ele só tinha trazido mais uma puta fresca pra dormir com ele, Bane foi olhar do mesmo jeito. Surpreso, ele descobriu que o dono do bar havia levado uma porrada no rosto, e que um vulto azul bizarro estava atacando ele. Usando seu poder de sugar pensamentos, Bane atordoou o ser azul no chão, e o enfraqueceu criando ilusões de pesadelos dele. O ser de tão bizarro que era, tinha pesadelos que surpreenderam até Bane: O pesadelo do bicho era um velho de cavalo que usava um manto amarelo.

Mesmo sem entender o que era o pesadelo, Bane continuou lutando, e mesmo quando o bicho foi pra perto dele, Bane o socou utilizando as técnicas de Jutsu que aprendeu lendo as revistas do Barman. Finalmente, o bicho se sentiu enfraquecido, e saiu correndo, antes que algum guarda conseguisse segura-lo. Depois desse ocorrido, duas cosias ocorreram:

Bane quando vai para uma festa do Coringa, pronto pra comer a tia do Batimã.

Começaram boatos de que a criatura que atacou o dono do bar era um ser ancestral chamado Nightstalker que curtiu comer a carne de todos os seres vivos (Menos emos, por motivos óbvios), e Bane foi considerado um herói entre o pessoal da vila. Bane ficou feliz, mas ao mesmo tempo puto, ele queria ser temido, não amado. Então ele devorou a alma de alguns moradores da vila só pra lembrarem quem ele era. Como ele achou que isso não foi o bastante, ele foi procurar mais besteiras pra fazer. Pichou o muro, vomitou no chão, andou com o farol e acesso, e por último, comeu os donuts do delegado. Este último ato foi tão terrível que Bane agora era ainda mais temido por todos que passavam por lá.

Vida adulta e a vinda á batalha dos ancestrais[editar]

Bane a esse ponto da vida não sabia o que fazer. Ele estava com uma larica da porra, mesmo depois de ter sugado o cérebro de 10 aventureiros 1 hora atrás. Ele a principio imaginou que era porque ele não havia os torturado o bastante para tornar seus medos mais gostosos de se apoderar, mas isso continuou mesmo depois de ele atormentar um viajante com uma leitura dinâmica da série Crepúsculo. Achando que não havia mais prazer na vida, ele quis se matar. Ele foi atrás do morro mais próximo, criou coragem e se tacou. Infelizmente pra Bane, ele é um espírito feito de medo e pesadelos, e levar porradas de um morro não ia matar ele. Mas pra compensar, doeu PRA CARALHO as batidas, e ele mal conseguiu se mover enquanto agonizava no chão que nem um pedaço de bosta. Nesse ponto, Bane queria estar AINDA mais morto, nem que ele tivesse que se jogar no meio de uma explosão nuclear pra conseguir isso. Mas aí, do longe, ele ouviu umas vozes. Estranhas porém animadoras. Bane quis seguir elas, procurando um propósito na vida.

Após seguir as vozes, ele encontrou uns malucos lutando. Ele reconheceu um deles como um porco espinho marrom sem um olho, o o outro como o tal velho de cavalo que o Night Stalker tinha tanto medo. Ele foi perguntar o que eles estavam fazendo ali, e o porco espinho, que se descrevia como Bristle Back, falou que eles estavam lutando por um tal de "Radiação" contra as forças de "Direção", ou sabe-se lá os nomes deles, em troca de eles receberem favores como prêmio caso a batalha seja vencida. No caso de Bristle, ele só estava ali pra socar o rosto de seres poderosos pra vencer sua aposta de bar. Vendo que ali era um bom lugar pra colocar suas habilidades. Bane entrou na luta, e com suas magias, invocou milhares de pesadelos que logo dominaram o campo de batalha, vencendo a luta e fazendo muitos dos heróis acharem que ele tinha utilizado Cheat Engine.

Bane trazendo medo, pesadelos, e tapiocas grátis para as pessoas do mundo.

Assim, Bane continua até hoje lutando na batalha dos ancestrais, e está atualmente escrevendo seu terceiro livro: "Como perturbar e causar pesadelos na sua sogra para que ela tenha um ataque cardíaco".

Habilidades[editar]

  • Debilitar: Bane olha bem fundo nos olhos do herói inimigo, e diz pra eles que eles são um lixo. Eles aceitam o fato, e viram um lixo, perdendo totalmente sua força e se tornando incapazes de lutar efetivamente, perdendo até 210 DE DANO! E MAIS: Não dá pra tirar essa magia de você com NADA. Não, BKB, mesmo bloqueando a magia, não dispersa ela, e se Bane quiser te fazer do seu escravo sem dano, ele o faz sem você poder dizer nada contra. Ah, e já falamos que essa habilidade pode ser lançada da casa do caralho?
Bane fazendo um carinho bem gostoso na Templar Assassin.
  • Drenagem Cerebral: Uma habilidade deliciosa cara! Bane sente o gostinho do cérebro inimigo, levando da mente dele todos os seus medos... e também os seus miolos e neurônios. O gostinho da sucção é tão delicioso que Bane recupera vida ao usar a magia, de tão feliz que ele fica em consumir uma comida tão requintada. Além disso, um talento no nível 25 do Bane aumenta o dano e a cura pra 500! E O DANO É PURO! É LITERALMENTE O MAIOR DANO PURO EM HABILIDADES BÁSICAS! Pô titio Gaben nerfa isso aí...
  • Pesadelo: Bane pega os maiores medos do mundo, como músicas de forró, grupos LGBT, o rosto da Dilma, Boku no Pico, e outra coisas pertubadoras. O inimigo fica tão perturbado, que acaba dormindo, só para descobrir que isso só aumenta o poder de Bane. Enquanto dorme, o inimigo leva um dano bem baixo e fica imune a todo dano FÍSICO. Caso o inimigo seja atacado por dano básico, o pesadelo passa para quem o atacou. Para algo bem hilário, jogue o pesadelo num aliado prestes a morrer. Se o MMR for baixo o bastante, os inimigos serão burros e atacarão ele.
  • Aperto do Demônio: Bane dá um abração no inimigo! O abraço é muito bom, gostoso e simpático. Ah sim, o abraço também drena todas as energias vitais de quem for atingido, que nem um sucúbo satânico, que além de tirar a vida do inimigo, TAMBÉM tira a mana! Só que Bane tem que ficar paradinho pra usar o ataque. Tipo, ele até poderia se mover, mas sejamos honestos: Abraças alguém e se mover ao mesmo tempo é difícil, então fazer o que né. Se Bane levar um atordoamento ou silenciamento enquanto canaliza o abraço, ele é obrigado a parar, pois odeia abraçar enquanto apanha.

Comparação entre Bane e outros heróis[editar]

  • Lion: MEH, QUEM LIGA PRA LION? Tipo, só pickam ele em pubs e 1k de mmr por causa do ult fudidaço dele que dá mais de 8000 de dano. Bem, pro seu azar, o ult do Bane dá o DOBRO do dano dele, e com aghanin o TRIPLO! E tipo, o lion é só um maguinho que teve o rosto desfigurado porque cheirou muita cocaína e fez pacto com o capeta. O Bane é a ENCARNAÇÃO DO MEDO! TEM ALGO MAIS LEGAL DO QUE ISSO? Bem, tem, o Axe e o Chaos Knight, mas isso não vem ao caso. Also, o Bane tem um sorriso dez vezes mais sexy e bonito, além de um bumbum extremamente gostoso.
O cérebro de Bane é um local estranho.
  • Lina: DERP, PRECISO MESMO DE EXPLICAR? Bane, em primeiro lugar, é tão sexy que faz até homens sentirem tesão por ele. Qualquer beleza que a Lina pode ter é destruída diante do corpo e coloração amável de Bane, com seu sorriso cheio de tesão e sua unhas esculpidas como obras de arte da humanidade, sua pele entonada em um roxo maléfico e sedutor e sua cabeça lisa como a mais lisa pena das aves do céu. Quanto ao gameplay, jogar de Bane é como pintar utilizando das técnicas mais incríveis de Mozart. Enquanto isso, jogar de Lina é que nem pegar uma lata pra pichar os muros na rua.
  • Ancient Apparition: AA tem mais de 10000 anos de idade, e como é de se esperar, tem a cara de um velho decrépito por causa disso. Enquanto isso, Bane é quase tão velho quanto ele e continua forte, saudável e sexy. Nenhum outro personagem do jogo inteiro é tão odiado quanto o Ancient Apparition, já quele morre em umas 3 porradas, é sem graça e tem a voz de um velho rouco. Enquanto isso, Bane é um mago tankudo que leva a luta na cara do inimigo e soca todos na sua frente, e possui uma voz tão encantadora que mataria qualquer 1 de amor por ele.
Bane e Void procurando um Mac Donald's no campo de batalha dos ancestrais.
  • Pugna: Pugna só tem ossos. Bane tem ossos E músculos. Preciso de comentar mais algo? BANE ES ÉL REI!

Fatos e curiosidades[editar]

  • O ÚNICO FATO E CURIOSIDADE QUE VOCÊ PRECISA SABER É QUE O BANE É O MELHOR HERÓI DO DOTA. JOGAR COM ELE NÃO É SE DIVERTIR, É FAZER ARTE. QUALQUER MOVIMENTO QUE VOCÊ TOMA É COMO UM LINDO PINCELAR NOS CÉUS DO MUNDO, LIMPANDO O AR DE MALDADE E PURIFICANDO A PRÓPRIA REALIDADE DA TOLICE HUMANA, DE SEUS ERROS E DE SEUS PECADOS. QUANDO BANE FOI CRIADO, ELE NÃO NASCEU, ELE FOI IDEALIZADO POR DEUS A MÃO, E DEPOIS A FORMA JOGADA FORA PRA CRIAR O MALZAHAR. NADA CHEGA AO MENOS PERTO DO QUÃO INCRÍVEL E FANTÁSTICO BANE É, E DE QUÃO IMPOSSÍVEL É DE SE COMPARAR A ELE. ENTÃO JOGUE MEU CARO, JOGUE DE BANE, É O MAIS PRÓXIMO QUE IREMOS CHEGAR NO CÉU ATUALMENTE. ALSO, JOGUE DE FACELESS VOID TAMBÉM PORQUE ELE É MUI LOCO.

Ver Também[editar]