Bandeira da Suíça

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Suíça
Bandeira da Suiça.png

Bandeira da Suíça (ou cruz vermelha) é um quadrado vermelho com um cifrão uma cruz muito comumente utilizada para simbolizar um hospital.

História[editar]

As primeiras menções de uma bandeira suíça remontam a época da Antiga Confederação Helvética, que as centenas de cidades insignificantes dos Alpes decidiram se unir para criar uma bandeira, e obviamente não conseguiram nada de significativo, original ou interessante, apenas uma versão invertida da bandeira da Dinamarca que posteriormente viria a ser utilizada em hospitais.

Napoleão Bonaparte em suas férias de inverno em 1789, se interessou por aquela região e escreveu no mapa que agora aquilo se chamava República Helvética e pertencia à França, esta república de curta duração teve a bandeira reformada, como Napoleão só havia invadido ali por causa dos famosos fondues de queijo dos Alpes, mandou que a nova bandeira fosse composta por horizontais três listras nas cores verde (para simbolizar os pinheiros dos alpes que são a vista dos restaurantes suíços de fondue), vermelho (para simbolizar o fogo que esquenta o fondue) e amarelo (que representa o fondue de queijo em si).

Bandeira atual[editar]

A atual bandeira foi homologada em 1848 junto com a fundação da República do Relógio e Queijo da Suíça Neutra e Bancos Adjacentes. Foi apenas uma adoção da bandeira da Antiga Confederação Helvética mas com o símbolo contemporâneo para hospitais.

Significados[editar]

  • Vermelho - Simboliza os relógios, o fondue, o queijo, as marmotas e todas essas coisas que não podem ser representadas por alguma cor, então o vermelho foi um tanto aleatório.
  • Branco - Simboliza os bancos suíços que aceitam até cheque em branco.

Evolução da bandeira[editar]