Banco Excel-Econômico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Banco Excel-Econômico faliu!
Graficozero.JPG Nem o Sr. Burns quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

Thumb

Banco Excel-Econômico possui o
Certificado Dedão Bottini de Qualidade!

Na compra do Banco Excel-Econômico, você recebe o Certificado Dedão Bottini de Qualidade,
o que garante a qualidade e a durabilidade do produto. Então, compre! Compre! Compre! DICA: não se esqueça de adicionar a "Garantia Plus Shoptime"

Cquote1.png Totalmente Excelente! Cquote2.png
Paulo Bonfá sobre Banco Excel Econômico

Banco Microsoft Excel 98
Excel Econômico TVC 1997.png
Logo do Excel-Econômico como aparecia nos comerciais de TV. Encontre o erro.
Fundação 1990
Extinção 1998
Tipo Banco
Estado legal Falido
Propósito Encher a burra do Curintia
Sede Bandeira do Brasil Brasil
Presidente Jalim Habbei
Pessoas-chave Túlio Maravilha
Sítio oficial Não tinha internet nessa época
® Desciclopédia

Banco Excel Econômico é um dos mais de 8000 ex-bancos que faliram de tanto saturar o mercado do Bananil hiperinflacionado na década de 1990, e desses o Excel era o que tava mais fadado a ir pra casa do caralho mesmo, pois tendo nome de programa do Merdasoft Ruindows e patrocinando o Corinthians, era óbvio que o sucesso não era o destino deles mesmo.

História[editar]

Jogador do Corinthians tocando air guitar zuando a ida pro ralo do Excel Econômico. Com uns divulgadores desse, quem precisa de inimigos...

A história do Banco Excel Econômico é tão curta que esse artigo nem vai passar dos 2kb de tamanho mas vamos lá, o banco foi fundado em 1990 pelo banqueiro brasileiro de ascendência judaico-libanesa Jalim Habbei. Se o nome foi escolhido em homenagem à Excel Saga, à banda Excel ou ao Microsoft Excel que era o que ele mais gostava de usar pra organizar as tabelas das picaretagens dele, enfim, nunca saberemos.

A partir daí a história dessa instituição entra num vórtex de esquecimento total, até chegar ao ano de 1996 onde o visionário Jalim compra o Banco Econômico que de econômico não tinha nada. Pois atolado em dívidas e sendo administrado por baianos, é claro que não ia dar certo e o Econômico acabou sendo liquidado (ui!!) pelo Banco Central do Brasil. O fato atraiu a atenção de Jalim que comprou a marca e acrescentou o nome no final pra dar uma credibilidade a mais que credibilidade?, e assim nascia o Banco Excel Econômico.

Mas foi só em 1997 que o banco foi ter seus 15 minutos de fama, com o Excel entrando no futebol do Bostil patrocinando os timecos do Curintia, Vicetória e Bostafogo e é claro que com uma furada dessas o banco não tinha como sobreviver. Como o Curintia chegou nas finais do Campeonato Brasileiro de 1998 com pés-de-rato como Mirandinha e Túlio Maravilha na equipe só com a mão do Excel mesmo e devido a esse esforço homérico sobrehumano, foi nesse ano que o Excel deu seu último suspiro. Cheio de dívidas depois de patrocinar tanto time bosta, acabaram o vendendo pra uma corporação de argentino chamada Banco Bilbao Viscaya que não quis continuar queimando o nome da marca com esses timinhos que só davam prejuízo e viram que dar um fim na marca mesmo era o menos pior a se fazer.

E hoje em dia é só com isso que uns gatos pingados ainda lembram da existência do Banco Excel Econômico. Eu mesmo só estou criando esse artigo depois de ver o logo deles na camisa do Curintia – isso gera um fenômeno engraçado, de de vez em quando se achar uns trouxas andando por aí divulgando no peito um banco mais falido que o ataque alvinegro e você mesmo pode ser esse trouxa, se for mané a ponto de gastar 150 temers numa camisa retrô no MercadoLivre.

Serviços oferecidos[editar]

O Excel Econômico oferecia os serviços Excel Poup, Excel Cheque e Excel Mais que como dito acima eu só sei que existem porque saíram nas mangas da camisa do Curintia. Como eu não achei um só cliente pra explicar do que se tratam esses coisos, vou imaginar que Excel Poup seja algum serviço de YouTube Poop e Mais seja o mais maior prejuízo no bolso de quem entrou nessa furada épica.