Antagonista de jogos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Antagonista de jogos é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Um Creeper explode mais uma casa de um Noob

Admmalvado.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

Cquote1.png Você quis dizer: Chefão do jogo Cquote2.png
Google sobre Antagonista de jogos

Antagonista de jogos é o oposto de um protagonista de jogos, segundo o dicionário. Antagonista é algo ou alguém que vai fazer de tudo, seja pessoalmente ou através de outros meios para impedir que você alcançe seus objetivos ou até mesmo só faz isso por diversão. Admita, não é divertido ver alguém se dar mal? Ainda mais quando o antagonista é preso ou eventualmente morto pelo protagonista... Mas os antagonistas são de variadas classes, que seram faladas nesse artigo.

História[editar]

Antagonistas por Gênero[editar]

De acordo com o gênero, o protagonista muda, ou acha que em um jogo infantil devia haver um vilão cheio de sangue e em um jogo de tiro o último chefe devia ser um Orangotango que estava vigiando a todos? Então é bem diversificado os protagonistas por gêneros que estão logo abaixo.

Aventura[editar]

Antagonistas de jogos de aventura são sempre animais, geralmente dos jogos antigões que surgiu os antagonistas desse gênero. A história e sempre a mesma e claro é nos jogos de plataforma que esse antagonista está em ação. Primeiramente, você nunca houve falar do antagonista que nem em jogos da nova geração.

Geralmente você só imagina como o chefão é quando entra no "Mundo" dele, vocês sabem muito bem quem é o exemplo principal. As vezes você ouve através de um amigo e ele conta as manhas e todas aquelas porcarias. Mas resumindo: Esse antagonista só serve para botar mistério.

Se olhar um ponto geral do enredo dele, ele é praticamente o Chefão Secundário. Quando você ganha dele é para ter comédia e para as crianças pararem de falar: "EU MATEI ELE BONITO HEIN?". Há também os antagonistas que são como os protagonistas. Mas como já foi dito sempre com um "light" para as crianças poderem jogar aquilo.

No final, ou ele é o mais Noob e o primeiro a morrer por você ou ele simplesmente é um dos mais difíceis e fica jogando tartarugas em você e as vezes ele é um robozinho que todo mundo chama de ninja.

Grandes nomes desse tipo já foram pro saco, um deles, de tanta vergonha foi enterrado no Novo México para os produtores evitarem a vergonha de colocá-los nas vitrines. O único jogo de aventura que foi feito para Playstation foi Tomb Raider e também God of War, que foi meio esquecido, porém ambos não fazem parte da verdadeira média desse antagonista.

Corrida[editar]

Antagonista de jogo de corrida é como o Figurante desses jogos, são os seus adversários. Geralmente o Antagonista é sempre o "segundo melhor" ou aquele que te passa quando você bate em um muro, vai falar que nunca ocorreu isso com você? Bem, jogos de corrida é um dos únicos gêneros que o final pode ser decidido antes... Dependendo do jogo.

Na fórmula 1, por exemplo. Se você não joga com o carro da Ferrari ela será sempre o seu oponente número 1, sem contar com os tantos outros que possuem e que vão te ferrar. É bem simples de achar esse "Vilão de fórmula 1" acima do 5º lugar é tudo vilão, do 6º ao 10º é coadjuvante e abaixo de 11º são retardatários e Figurantes, isso também serve para o Top Racer e tantos outros títulos que você jogava quando tinha Nintendinho.

Agora, nos jogos de corrida de rua já mudou tudo. Há uma hierarquia nesses jogos: Há o Chefe, os Antagonistas comuns e a Lei.

O primeiro sempre possui um carro tunado e ,como os jogos desse tipo são surrealistas, o Chefão vai ter Um carro que para você é mais devagar que uma McLaren mas no jogo sempre será o mais rápido, se fosse na vida real então o seu Gol correria na Fórmula 1. E claro, para dificultar a sua vida, as corridas nunca são fáceis. Geralmente, o carro é o seu antagonista, porém há ou um Playboy por trás do volante ou algum cara com cara de criminoso.

Agora os antagonistas comuns são como "sub-chefes" exceto o primeiro que você enfrenta. Em jogos de corrida você nunca poderá ir direto ao chefão e tudo é resolvido em corrida. Para conseguir conquistar um território você tem que vencer corridas, não ficar fogo-a-fogo como gangues de verdade, então seria mais para "gangues de Playboys"

Playboy, Cara de criminoso, Mulher, Mulher patricinha, Negão, Cara de criminoso, Japonês e chefão. Mas pouco importa isso, sempre será um carro diferente, e geralmente aquele carro dava conta até do próprio chefão mas por algum motivo não dá. E para completar a palhaçada eles são "capangas" do Chefão, soa meio estranho.

E por fim, A lei. Em jogos de corrida de rua, não se pode esquecer deles, no ínicio eles são carrinhos que se você arranhar a porta já pulam pro outro lado da estrada, com a medida que você vai piorando os negócios eles vão piorando também, deram até nome para os carros da polícia. Os que vem com tudo para a sua frente são chamados de Suicidas.

Os comuns são os "Lata velha" e os que ficam na barreira também são chamados de outra coisa. Então uma hora eles colocam logo um carro bom para tentar pegar você, resistente e rápido. A pergunta é porque eles não colocaram isso quando você já estava ferrando geral com os carros, eles já não deviam saber que não iam dar conta.

Para as produtoras de jogos economizarem o orçamento eles compram carros paraguaios para os vilões porque "Não tem graça se você não pode quebra" e fazem o seu carro de puro titânio "porque não tem graça se você quebrar". Os típicos jogos Need For Speed e Fórmula 1 são exemplos.

Esportes[editar]

O Antagonista esportivo é sempre o time adversário. Geralmente o seu amigo ele incorpora o adversário e quando você está perdendo você fica com muita raiva, quantas vezes no Winning Eleven você já não chutou o seu Gato quando o adversário veio e fez um gol logo no último minuto? Pois bem, quando há uma pessoa do seu lado você poderá descontar a sua raiva no sujeito ao seu lado, não mais no seu controle ou no seu bicho.

Não há uma forma base, geralmente eles podem ser de todo tipo, só muda a camiseta. Mas é comum você ver que um dos lemas dos jogos de Esportes é "Cada um por si" ou "O mais forte sobrevive". Isso vale também para Jogos de basquete. Ah sim! Os antagonistas de esportes são os principais causadores de problemas cardíacos e ódios por times específicos.

Exploração[editar]

Exploração são jogos do tipo plataforma mas com grandes mapas, ele não é limitado a uma fase de cada vez, então isso é um jogo de exploração. Por esses jogos pertecerem à Velha Guarda dos Games não existia muitas aparições deles. Mas são nesses tipos de jogos que há os "antagonistas indiretos".

De alguma forma, eles invocam algo ou somente ajudam o Chefão, porém você nunca enfrenta eles ou ele simplesmente morre. O último jogo de exploração lançado é GTA em que há vários desse tipo mas que você quase nunca enfrenta, seja porque virou amiguinho ou seja porque os produtores esqueceram mesmo dele.

Luta[editar]

Jogos de luta fazem parte de nossa cultura, então imagine os antagonistas. Esse gênero de jogo tem o maior peso com clichês além de que existem vários antagonistas. Geralmente no primeiro jogo o chefão manda vários de seus subordinados para atacar. Outro fato é que o sub-chefe SEMPRE tem quatro braços ou simplesmente é grande.

O sub-chefe, ou simplesmente o antagonista, parece ser o Cachorrinho do chefão já que este podia partir ao meio o chefão. Outro tipo de antagonista nesse jogo é que você pode jogar com ele. Geralmente ele quer se vingar de um inimigo, Ficar louco com o poder ou simplesmente Fuder logo com a terra.

Mas seja como for, o jogador sabe que deve escolher o personagem mais Apelão para ganhar do chefão, e geralmente esse é o do mal. Cada um tem os seus motivos e quase sempre é para matar tal carinha. Mas depois de que o jogo de luta inventa Mais de 8000 antagonistas eles nem ligam mais para a história.

Para evitar a história os antagonistas com menos sucesso fazem alianças que mais tarde se tornam clãs e que mais tarde servem para abrigar um Antagonista teoricamente pior e que faz os Antagonistas que criaram o clã um bando de capangas. Seja como for, na maior parte das vezes não faz o menor sentido o objetivo do clã do antagonista.

Então, quando a série do jogo pára de fazer sucesso a empresa que produz o jogo planeja um final em que todo mundo se ferrava, inclusive os antagonistas mais malvados, com um Chefão muito fodão e difícil, um chefão que você só podia vencer se você pegasse um personagem muito apelão.

Seja como for, sempre acaba assim... Ou simplesmente eles param de produzir o jogo.


Tipo de Antagonista[editar]

Por que você não morre de uma vez??!! Por que??? POOOOR QUEEEEEEEEEEEEEEE??!!!!!

Nos primórdios do videogame, não existia antagonistas mas apenas objetivos. Atualmente podemos perceber que ter objetivos é muito pouco e que necessitamos de alguma coisa para odiar e chamar de Filho da p%$#! Agora os tipos de antagonistas, em ordem alfabética, pois se fosse em ordem de clichê ou então em ordem de infamia, todos ficariam em primeiro lugar.

Antagonista fracassado[editar]

Após tantas derrotas, Bowser tenta pedir ajuda de um profissional da área para ver se consegue virar um super-vilão de respeito.

Não muito frequentemente são os casos que esse ser aparece, é o típico antagonista que não para de tentar ferrar o protagonista, ele nunca para até ele enfim conseguir.

Parece que existem poucos atualmente nesse ramo, o único conhecido é o bowser que ao invés de inovar e tentar fazer algo novo, continua raptando a maldita princesa peach e sempre acaba sendo derrotado por personagens absolutamente ridículos como um encanador gordo.

Como já foi dito, o fracassado nunca para até matar seu inimigo, alguns insistem tanto no erro que deixam até de morrer apenas para matar o protagonista. Esses que morrem e voltam em especial, são conhecidos pela avacalhação da empresa que ao invés de tentar criar um vilão novo sempre tem que ressuscitar o mesmo. Um exemplo comum de avacalhação é Albert Wesker que por causa dos "elementos tóxicos que não feriram ele" sempre volta para tentar matar chris e gastar a frustração de não poder caminhar entre as pessoas sem óculos escuros. Esse antagonista também é caracterizado por ele ter a faca e o queijo e deixar o protagonista escapar com vida, outro "causo" é quando Albert Wesker[1] ia matar Chris mas depois de ter liberado um monstro, o mesmo mata ele.

O fracassado também usa desculpas esfarrapadas ou simplesmente culpa o protagonista por ser tão azarado e ter uma vida medíocre. Albert wesker por exemplo, culpa todos os seus ex-companheiros de trabalho por terem transformado ele em um aberração... Ou então até mesmo nemesis, que gasta a frustração de não ser bonito na Jill Valentine.

Visto dessa maneira, a maioria dos antagonistas do Resident Evil são fracassados e sempre insistem no erro deles. Não se comenta também os antagonistas do Mortal Kombat que podem ser mandados para o inferno quantas vezes forem possíveis e sempre irão voltar para matar uns aos outros.[2]

Antagonista irritante[editar]

Antagonista que deixou de existir após o Playstation 1, os antagonistas irritante são aqueles que simplesmente estão na história para te incomodar e te ferrar pelo simples fato de ser divertido. Frequentemente eles não se dão conta que estão incomodando você e às vezes eles podem chegar ao cúmulo de incomodar outros personagens que tem lá sua importância sendo discutida.

Esse antagonista aparece algumas vezes durante a trama, seja enfrentando você ou não enfrentando. Comum os casos de jogos de plataforma como o clássico Megaman, que tem vários desses antagonistas te atacam sem você não ter feito nada para eles. Outro grande marco é que os antagonistas irritantes sempre aparecem em alguma roupa muito estranha e todos coloridos.

Enfim, essas são algumas de suas "qualidades" fazem com que eles existam em quase todos os gêneros de games, como os de corrida em que o cara zomba de sua cara quando você bate no muro ou então em jogos de plataforma como o jogo dos power rangers, em que a cada final defase aparece um chefão mais repetitivo e irritante que o outro.

Antagonista relaxado[editar]

Cquote1.png Relaxado em que sentido? Cquote2.png
Alguém tentando defender seu antagonista favorito

O antagonista relaxado é genial se compararmos com os outros antagonistas: Ao invés de gastar suas forças para te derrotar, ele simplesmente manda mais de oito mil capangas inúteis para tentar tirar um pouco de sua vida, e assim ele puder te matar de uma maneira mais rápida, já adivinhando que seus empregados morreriam de qualquer jeito.

Também aparece em jogos de luta, ele fica esperando você derrotar todos os outros lutadores para você ir enfrentar ele. O tipo de pensamento do antagonista relaxado é que ele é a cereja do bolo, ou então "O melhor fica para o final".

Quase não aparece na trama, ele espera que você descubra que ele existe para você ir até ele ou então ele manda alguém insistir para você ir acabar com ele. Também conhecemos esse tipo de antagonista por você nunca saber o que ele fica fazendo quando está desocupado[3]. Vai ver que ele assiste novela, no maior clichê ou então fica esperando para morrer mesmo.

Após ser derrotado pelo protagonista, ele acaba perdendo o posto de antagonista relaxado e geralmente vira um personagem comum e até mesmo controlável[4]. Ou então esse protagonista deixa de ser relaxado e vira um protagonista fracassado, que tem que encarar a vida sem depender de capangas (ou não).

Outro tipo de antagonista relaxado é aquele que simplesmente aparece uma vez e parece um fracote, mas quando você chega para enfrentá-lo ele cita coisas malucas como um certo ritual, que invocará um demônio que matará você ou então simplesmente você descobre que ele não é o verdadeiro antagonista, pois foi morto por um monstro gigantesco que ele criava desde criança.

Notas[editar]

  1. Ele de novo?
  2. Shinnok foi o primeiro a ser mandado pro inferno por causa de sua insistência em aceitar que é um fracasado
  3. Não parece óbvio?
  4. Quer um exemplo? Shinnok que foi e é imprestável