Annabelle (filme)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Annabfeia
Annabelle2014.jpg
Pôster do filme
99 minutos
Direção Fofão
Elenco Annabelle mais um bando de desconhecidos
Gênero Cquote1.svg O que eu estou fazendo com a minha vida? Cquote2.svg
Você ao perceber o quão inútil é o seu entretenimento...
Produtora New Line Cinema e etc.
Lançamento 2014
Idioma Inglês
Exibição Na casa do caralho


Annabelle é o primeiro pedaço de bosta filmado de uma série de outros cocôs que contam a história da bonequinha mais charmosa do cinema, cujo nome é o título dessa porcaria, então não irei perder tempo escrevendo o nome da besta... Em mais um filme clichê até a alma, vemos uma família sendo atormentada por uma série de porra nenhuma fantasmagóricas causadas pela entidade demoníaca dentro da boneca, que faz de tudo para se livrar dela, menos o óbvio, que seria explodir o cu da desgraçada, e pagam o preço por isso, sempre tomando susto e tomando no cu...

Enredo[editar]

A história é simples... simplesmente um lixo, e pode ser resumida em poucas palavras, para poupar-me de ter de relembrar dessa pérola do cinema... Nos anos 70, 80 ou 90 (ninguém sabe quando foi, só sabem que não é nos dias atuais), um marido, chamado João, dá a sua esposa, denominada Mia (OBS: esse é de fato o nome da mula, e não o barulho que os gatos fazem), uma boneca para enfeitar o quarto de sua filha que está por vir, visto que sua esposa está grávida. Porém, o que eles não esperavam é que essa boneca é perseguida por uma seita satânica, que em busca da boneca mata os vizinhos, que por sinal eram pais de uma das loucas em busca da boneca, e quase faz o mesmo com o casal, dotados de uma inteligência abaixo do esperado de até mesmo uma minhoca esmagada por uma chinela...

Se isso já não fosse o suficiente, a boneca evoca uma série de fenômenos aterrorizantes, como máquinas de costura ligando sozinhas (quem nunca enfartou numa cenas dessa que atire a primeira pedra), cadeira se balançado sozinhas, sacos de pipoca que se papocam sozinhos e tacam fogo na casa, além e evocar um espírito que puxa as pessoas para trás e muito mais. Toda essa gentalha foi o suficiente para fazer com que o marido tacar a boneca no lixo, e se mudarem para uma nova residência, até porque sua filha tinha acabado de nascer.

Porém, não foi nessa nova localização que o tinhoso desgrudou deles, até porque, segundo fontes confiáveis [carece de fontes], o satanás que habita a Annabelle só iria embora caso alguém oferecesse uma alma em troca da paz rotineira de sempre, tudo isso segundo uma velha duma livraria qualquer que por motivos aleatórios tentou fazer amizade com o casal, também conhecidos pelo nome de "o roteirista é um jegue e não conseguiu encaixar corretamente a personagem". Obviamente eles não iriam aceitar tal proposta tão facilmente, e por isso deixam um padre, daqueles que sempre aparece para oferecem serviços e se arrombam no meio do filme, levar consigo a peste da boneca enquanto os especialistas do departamento da igreja contra entidades encapetadas não chegasse. Contudo, como era se se esperar, o padre é atacado pela boneca possuída, que é derrubado no chão impiedosamente, quase morrendo e perdendo a dentadura no meio do processo...

Com isso o espírito se volta para Mia e sua bebê, que é o alvo principal da entidade. Depois de uma série de cenas ridículas de mal feita, misturando efeitos especiais que não se vê desde a época dos dinossauros, efeitos sonoros e visuais toscos e uma série de tentativas de assustar o telespectador, a velhinha dos livros decide se matar, jogando-se do prédio junto com a boneca para nunca mais ser vista (principalmente se você for inteligente e não ser o segundo filme da franquia). Com isso, como os personagens são mal construídos e burros até a última gota, o pai, a mãe e sua filhinha, além do padre, voltam às suas vidas como nada tivesse acontecido, enquanto alguma vendedora de bonecas de alguma forma acha a Annabelle e a vende para sua próxima vítima.

Personagens[editar]

  • Miau: Mamma Mia é, obviamente, a mãe da criança que a seita satânica procura para consumir sua alma e evocar o grandioso capeta, além de ser personagem principal. Contudo, mesmo com todos esses adjetivos de "personagem principal", e com a grande responsabilidade de proteger sua filhota das entidades malignas que arrastam as cadeiras e desligam a sua televisão sem a permissão de ninguém, nada disso a impede de ser uma baita duma burra do caralho, só fazendo decisões ruins e ao invés de agir corretamente nas horas de tensão, que quase não existem, fica andando por ai feito uma barata tonta...
  • John: O marido da de cima, é um médico que faz o papel de cético durante, talvez nem tanto, pois com o tempo começa a ligar pros padres e o caralho a quatro, então é possível que ele faça na verdade o papel do desesperado que chega correndo na velocidade da luz sempre que uma tragédia acontece, sem poder fazer quase nada por já ser tarde demais, ou no máximo tentar acalmar sua esposa e dizer que é apenas coisas da cabeça dela.
  • Padre: É um padre: ele ora, come hóstia, veste roupas quentes pra desgraça, e tenta ajudar seus fiéis em se livrar dum espírito maligno que habita uma boneca feita que só a gota serena. Ele até tenta abrigar a boneca na igreja, porém não consegue e o bicho acaba pegando pro lado do resto do elenco do filme.
  • Velha da livraria: É uma velha que não faz absolutamente porra nenhuma durante o filme inteiro, até porque ela tem uma livraria para cuidar, algo muito mais produtivo do que ficar perdendo tempo fazendo joguinhos com capetas. Ao menos ela se mata no final em troca das almas de seus companheiros, numa cena que no futuro seria plagiada por Vingadores: Ultimato, se redimindo de sua inutilidade...
  • Annabelle: A responsável pela desgraça na vida das pessoas citadas acima, Annabelle passa o filme inteiro sentada olhando pro vácuo, no máximo do máximo trocando de posição e se mexendo na cadeira de balanço. Porém, nós sabemos que foi ela quem ligou para as suas amiguinhas encapetadas que ficaram enchendo o saco do casal citado acima, além de esfaquear outro um pouco mais velho. Em resumo, fez o que todo e qualquer filme de tenta ser de terror com assombrações que ficam mexendo móveis do lugar faz: porra nenhuma, sendo que qualquer um com cérebro no seu devido lugar poderia muito bem dar cabo a essa criatura abestalhada.