Andy San Dimas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
002.png Este artigo pode levar-te para o Lado Azul da Força!

Este artigo contém fatos sobre sapatas e dirige caminhão sem camisa.

Laylakiss.jpg
Andy San Dimas
Amp-000712012203302.jpg
Andy San Dimas apostando na carreira de gostosa do instagram
Origem Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
Data 3 de outubro de 1986
Onde trabalha Onde pagar bem
Talento(s) Trepar muito sem cansar
Dados
Cabelos Morenos
Olhos Castanhos
Altura 1,68
Peso 56
Busto 86
Cintura 63
Quadril 86
Coxa [carece de fontes]
Perfil
Hobby(ies) Fazer cosplay
Característica marcante Peitos naturais
Frase Cquote1.png OOOOOOOOOOOOOOOH! Cquote2.png
Prêmios AVN Award e afins
Website
Facebook

Andy San Dimas é mais uma linda puta paga a embelezar os sites de putaria que tanta alegria nos trazem durante as madrugadas solitárias. Infelizmente, fontes fiáveis afirmam que ela se aposentou em 2017, e desde então ficou quase impossível encontrar informações pessoais a seu respeito pela internet, pois ela desativou sua página oficial e modificou seus perfis nas redes sociais. Antes de se afastar da pornografia, seu Twitter era um dos mais populares entre os punheteiros, já que ela mesma o atualizava e interagia bastante com os seguidores, mandando nudes e fazendo sexo via webcam.

Biografia[editar]

Andy San Dimas dando a bunda a um sortudo, bata com moderação.

Nasceu em Baltimore, parida durante uma caganeira de sua mãe, que nem sabia que estava grávida. Ela achava que a pança estava inchada devido à prisão de ventre, então passou nove meses tomando laxante, até finalmente expelir a merda encalhada que viria a ser a filhota Andy San Dimas.

Assim como toda guria retardada nascida em sua época, Andy cresceu assistindo os filmes das princesas Disney e criando expectativas irreais sobre os homens. Ela sonhava em conhecer um belo príncipe encantado e viver um casamento monogâmico a seu lado, bem típico dos contos de fadas, sendo felizes para sempre até que a morte os separasse. Mas a vida é uma caixinha de surpresas, e bastou virar maior de idade para que tomasse um choque de realidade após conseguir arrumar seu primeiro emprego. Sua profissão inicial não foi a de prostituta, caso seja o que sua mente doentia estiver pensando, mas sim como vendedora em uma sex shop. Foi ali que conheceu os filmes pornôs, e ficou pasma ao descobrir que as pessoas eram capazes de fazer sexo unicamente por dinheiro e não por amor. Depois sim, ela virou prostituta.

Certa vez, enquanto folheava o catálogo de produtos da loja onde trabalhava, viu um anúncio de propaganda do cafetão Eon Mckai, que estava à procura de novas atrizes para seus filmes. Como já fazia sucesso em programas, Andy pensou que seria ótimo expandir seu currículo para o cinema, e lá foi ela procurar o diretor. Mesmo sendo puta, ela sempre foi uma moça bastante tímida, então tinha vergonha de conhecê-lo pessoalmente. Para quebrar o gelo, enviou uma foto sua peladona via MySpace, que era para os gringos o que o Orkut era para os brasileiros. Vendo aquela morena gostosa e peituda toda natural, sem qualquer adição de silicone, Eon não perdeu tempo e agendou imediatamente um teste pornô com Andy.

Aprovada com louvor no teste do sofá, Andy fez sua estreia pornográfica oficial em 2006, logo de cara gravando um filme de temática lésbica onde atuou com Dana DeArmond. Aquela foi a primeira experiência homossexual de Andy em toda sua vida, que até então vinha habituada somente em levar rola. Ela gostou tanto da colação de velcro que resolveu se assumir sapatona, e logo começou a namorar com a colega Bobbi Starr. O carisma do casal levou-as para além do pornô, e ambas foram convidadas para atuar no filme de ação Drive ao lado de atores charlatões consagrados como Ryan Gosling, Carey Mulligan e Christina Hendricks.

Em 2013, protagonizou ao lado (acima e abaixo também) de James Deen o primeiro filme pornô de realidade virtual gravado através do Google Glass. O lançamento foi através da XBIZ, uma das maiores fontes de sacanagem do mundo. Para atingir o público geral com maior facilidade e não deixar o vídeo restrito somente aos punheteiros fervorosos, foi lançado um trailer censurado no YouTube, e logo no primeiro dia já foram registrados um milhão de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro visualizações. Tudo indicava que a versão original completa e sem censura seria um sucesso de vendas, mas aconteceu justamente o contrário e deu um baita prejuízo aos produtores. Andy ficou tão decepcionada com o fracasso de seu desempenho que foi assistir um jogo de beisebol ao vivo para relaxar e gozar, mas acabou ficando bêbada e começou a dançar nas arquibancadas usando apenas um shortinho e uma máscara tosca de unicórnio. Acabou sendo expulsa do estádio e teve que mudar seu nome de guerra para que não fosse mais reconhecida.

Carreira[editar]

Antes da aposentadoria definitiva, Andy San Dimas bem que tentou continuar na carreira de puta paga. Alterou seu pseudônimo para Dexey Page e até montou um novo site com esta alcunha, mas o mesmo flopou. Chegou a usar até seu nome verdadeiro Sarah Hildebrand na tentativa de retomar a popularidade de outrora, novamente em vão. O ápice de sua decadência foi quando participou do premiadíssimo clássico Batman XXX e nem sequer foi creditada, sendo violentamente ofuscada por Lexi Belle e Tori Black, que interpretaram respectivamente a Batgirl e a Mulher-Gato. Tentou simular um namoro com Kimberly Kane, que também atuou na paródia pornô e obteve pouco reconhecimento, mas novamente de nada adiantou. Embora não tenha anunciado oficialmente que se aposentou, desde 2017 Andy não fez mais nenhum filme. Dizem que atualmente ela se dedica à carreira de stripper virtual e também faz permuta no book rosa. Há quem diga ainda que ela pretende seguir os passos de Sasha Grey e Sunny Leone trabalhando agora como atriz convencional.

Características[editar]

É um caso raro de atriz pornô bonita e gostosa ao natural, sem ter precisado apelar para cirurgias plásticas, maquiagem exagerada e photoshop. O máximo de intervenções estéticas nela são alguns piercings e tatuagens, mas nada muito escandaloso.

Ver também[editar]