Aitne

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Aitne é um satélite tosco de Júpiter, que é tão conhecido quanto o ingrediente secreto do MC Donald's. Os cientistas descobriram o satélite por engano, sendo que saber mais sobre Aitne é o mesmo que você tentar conjurar a palavra "pinto" em outros tempos sem que ele deixe de ser substantivo.

Cquote1.png Hã?? Cquote2.png
Você sobre o papo estranho acima

Aitne depois de ter sido descoberta foi largada pelos cientistas que nem sabem mais o motivo de seu nome.

Origem[editar]

O borrão chamado Aitne.

A provável origem do satélite foi quando uma rocha cósmica (que veio do cinturão de asteroides) se perdeu de seus pais e acabou sendo acolhida por um pedófilo chamado Júpiter. Júpiter era conhecido por ser pedófilo por sempre raptar e abrigar satélites indefesos e pequenos que atualmente só servem para encher linguiça mesmo.

Os cientistas dizem que graças a Aitne, a Terra tem menos chances de ser pulverizada por algum asteroide e que você não pode falar que ela não é útil. A verdade é que Júpiter levou tantas pancadas de cometas, asteroides e de marcianos que nem todas as 63 luas de Júpiter foram úteis na hora de defendê-lo.

Aliás, como uma lua hostil à qualquer forma de vida pode ser útil para defender um planeta ainda mais hostil à vida como Júpiter?

Ciência[editar]

A ciência diz que Aitne seria na verdade um pedaço de outra lua e que não teira vindo do cinturão de asteroides. Porém, outros dizem que seria um planeta decente se Júpiter nunca tivesse vindo à existir. No final, essa discussão (que nem deveria ser uma discussão, já que discussões geram polêmicas) só serviu para que os cientistas cogitassem a possibilidade de um planeta ainda não descoberto que provocaria o surgimento de luas inúteis como Aitne de 2000 em 2000 anos.

Localização[editar]

Fica no grupo Carne, não tem nenhum tipo de ponto turístico e também é o pior lugar para passar as férias de verão, com direito a ter uma barriga explodida pelo vácuo da atmosfera de Aitne e também por congelar com o frio espacial.