A História do Necronomicon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Night creature.JPG A História do Necronomicon surgiu das trevas!!

Vamos mergulhar o mundo nas trevas!!

Puro osso.gif


O autor dessa obra [editar]

Abdul Alhazred, nascido há muitos anos atrás nas Arábias, era uma pessoa muito interessada no sobrenatural, por isso mesmo dedicou sua vida como um mago (ou bruxo, esse lance todo aí) além de que não tinha nada de interessante pra fazer mesmo. Todo dia ele ia no deserto para estudar essas entidades negras (havia muitas lendas de monstros no deserto, inclusive tinha um monstro invisível que comeu um homem que virou gay depois disto ) e tudo que ele descobria ele anotava no seu diário, carinhosamente chamado de Al Azif (uivo dos demônios em português).

Muitos anos depois[editar]

Abdul Alhazred precisava de uma graninha, então resolveu vender não uma, mas várias cópias do seu diário para outros magos, inclusive indo para outras partes do mundo.

A inquisição[editar]

É lógico que os cuzões da igreja meteram o pé no meio, poucas cópias foram feitas, muitas dessas cópias foram queimadas, somente a versão grega sobreviveu, tendo sido desfragmentada, o nome traduzido pro grego era Necronomicon, pois bem, uma parte está no museu de artes da França, e a outra parte está num lugar lá da Inglaterra, só não sei o nome!

Atualmente[editar]

O que você leu aí em cima foi escrito lá na época da Primeira Guerra Mundial, atualmente existe um site de fofocas, chamado de Necronomicon, com coisas do livro e umas fofocas do mundo da magia, o site existe na Deep Web, ninguém sabe o por quê, já que não é tão violento assim, só tem uns tutoriais de magia, só isso!

Um trechinho do livro[editar]

Se você pesquisar na Wikipédia, você vai encontrar "informações" dizendo que o livro é fictício, mas todo mundo sabe que só tem mentira na Wikipédia, então lá vai um trechinho...

Cquote1.png Há muito, muito, muito, muito, muito, muitoo, muito... Muito muito muito muito muito muito tempo atrás, um grupo de entidades veio para a Terra, tudo isso sem nenhum motivo, aqui se estabeleceram e conseguiram grandes cidades que atualmente são ruínas sujas, abandonadas e com cheiro de bosta de cabrito, eles também criaram sua prole, cujos nomes não podem ser ditos, pois os ouvidos humanos não estão preparados para ouvir sons dessa natureza, é pior que funk, e agora estão presos e em estado de sono, aparecendo nos sonhos dos humanos, fazendo as pessoas que os veem lambuzarem as vossas camas com bosta marrom e fedidas, fedendo merda, um dia os grandes antigos voltarão e reinarão sob a Terra novamente, destruindo a raça humana no processo, mesmo assim existem cultos que os cultuam e que querem seu retorno. Cquote2.png